Como Viajar Sózinha

Tenho recebido várias mensagens de mulheres que querem viajar sózinhas, mas têm medo, não sabem como começar, recebem críticas por querer viajar sózinhas, enfrentam preconceito, sentem-se inseguras, etc.

Já postei algumas dicas no meu Instagram várias vezes, mas o IG é uma media social limitada quanto ao tamanho do texto que podemos publicar. Nada melhor que aqui para publicar algo mais completo.

Em primeiro lugar deixe lhe dizer:

Só você sabe das suas dores, desejos, e vontades. E só a você compete escolher o que fazer da sua vida. Os que os outros dizem, criticam, esculacham, ignore. Simplesmente ignore. Ou você nunca irá começar esta jornada, e nunca irá realizar os seus sonhos. Entendeu?

Então vamos lá. Viajar sózinha é um desafio, tem desvantagens como tudo na vida, mas a recompensa e as vantagens superam de longe tudo o resto.

Você tem medo? Lhe entendo a 100%. Eu também já tive, eu entendo as suas dores e inseguranças. E por entender, decidi ajudar. Neste post você vai encontrar a fórmula que eu desenvolvi, que deu certo comigo e com muita gente que já ajudei, para começar a viajar sózinha.

Vai dar certo com você? Não sei. Mas se você não tentar nunca vai saber. Não tem um orçamento alto? Não tem problema, esta estratágia funciona para qualquer bolso.

Se goste, goste da sua companhia

Parece uma daquelas frases de auto ajuda certo? Mas não é. É a mais pura necessidade. Se você não aprender a gostar de você mesma, da sua própria companhia, viajar sózinha não vai ser prazeroso.

Quanta gente eu encontro, que se queixa que se sentiu sózinha, para baixo, triste, por não ter companhia, por sentar sózinha em restaurante.

Quando eu começo a conversar com elas, chego sempre à mesma conclusão: aquela pessoa não se sente confortável na sua propria pele, não gosta da sua própria companhia.

Comece a viajar dentro do seu país

Ou mesmo dentro da sua cidade e/ou região/estado. Começar a viajar sózinha no próprio país pode ter várias vantagens:

  • Você fala o idioma, pode se comunicar facilmente
  • Como você é nacional / residente, conhece bem os hábitos culturais, sensibilidades e peculiaridades.
  • Você pode voltar rapidamente para casa caso necessário
  • Se ficar doente, sabe para onde ir, onde é seguro ir.
  • Pode contactar a família e os amigos e obter ajuda, se necessário.
  • Geralmente sai mais barato

Viaje para Países Vizinhos

Eu vivo em Moçambique, e depois de viajar aqui dentro, comecei a pegar no meu carro e sair dirigindo até à Suazilândia e África do Sul, que ficam a 2 horas de viagem. Ajuda que eu amo dirigir.

Não pode dirigir, não tem habilitação, não gosta? O país vizinho fica longe?

Nada disso é impedimento. Onibus, trem ou avião, são ótimas opções. Não se limite.

Ao viajar para esses países, que de certa forma ficam perto, são mais acessíveis, e você pode voltar ao seu país rapidamente se for necessário, você vai ganhar experiência de estada num país estrangeiro, com outra cultura e outra língua. Vai aprender a estar na sua própria companhia e a identificar e corrigir os seus erros.

Vai começar a gostar muito mais de estar consigo mesma e a se sentir à vontade para comer sozinha, ir ao cinema, dirigir para algum lugar para ver os arredores.

Vai lhe dar uma sensação de liberdade e confiança em si mesma, e será a prática perfeita para a sua primeira viagem solo intercontinental.

Viaje para um país que fale a sua língua

Tudo bem, você já viajou dentro do seu país, já viajou para países vizinhos e de língua diferente, já começou a aprender a gostar da sua companhia, mas chegou a altura da sua primeira grande viagem! Fica um friozinho na barriga e a insegurança bate de novo.

Então, viaje para um país que fala a sua língua. Vai se sentir muito mais confortável, segura, e adquirir experiência para a sua grande viagem, a viagem dos sonhos, aquela que você quer muito fazer, mas que tem medo de ir sózinha.

Chegou a hora, a viagem intercontinental para um país estrangeiro, de outra língua, outra cultura

Finalmente, viaje sozinha com confiança para um país que lhe é totalmente estranho que fala um idioma diferente, que tem uma cultura diferente, hábitos que para si podem ser estranhos.

A experiência que você já adquiriu, vai te dar confiança para enfrentar esse novo desafio.

Mas isso implica alguns passos, para uma viagem boa, segura e agradável.

Decidir sobre o destino

  • O mundo é enorme, cheio de tantos lugares incríveis para ir. Selecionar um país pode ser uma tarefa bastante difícil, então, o que fazer para facilitar a escolha?
  • Pergunte a si mesma qual é o objetivo da sua visita (praia, montanha, cultura, arte, história, vida selvagem, urbana, etc.)
  • Faça uma lista dos destinos que se encaixam nos seus objetivos. Reduza a lista para destinos em que você se sentirá mais à vontade (por exemplo, em vez de uma ilha distante que possa estar longe do seu país ou em que as comunicações sejam irregulares, escolha um país com um bom litoral e praias, onde você se sentirá mais confiante)
  • Leia tudo o que puder sobre o destino para o qual você pretende viajar. Pesquise na internet, leia sites de viagens, leia blogs com conteúdo relacionado, veja no pinterest, consulte sites oficiais, compre um guia, converse com outras pessoas que estiveram lá.

Planeje, planeje muito, planeje de novo

  • Trabalhe com um travel designer. Nós estamos aqui para isso. Para ajudar, guiar, orientar, desenhar a sua viagem dos sonhos. Para qualquer bolso, destino, pessoa. Os travel designers são especialistas em um ou vários destinos. Procure um que seja especialista no seu destino. Acredite, faz a diferença.
  • Certifique-se de que você e o planejador de viagens trabalhem juntos para refinar o plano e ajustá-lo às suas necessidades. Não se apresse, verifique se está completo.
  • Se não quiser usar um travel designer e escolher planejar sózinha, faça um check list de tudo o que tem que fazer (em breve vou oferecer o meu para vocês, fique atenta).
  • Inclua tudo no seu checklist ( alojamento, guias, voos, locais aonde ir, onde comer, etc.).
  • Verifique os requisitos de visto. Em alguns países, o processo de visto pode consumir bastante tempo, cuide disso o mais rápido possível
  • Verifique os requisitos de vacinação e obtenha as vacinas necessárias com antecedência (para evitar reações e permanecer em uma cama de hotel doente em vez de aproveitar as suas férias)
  • Tire cópias de todos os seus documentos e autentique. A menos que você esteja indo para um local que exija documentos oficiais, mantenha-os no hotel em segurança e leve a cópia com você
  • Verifique a localização e o contato telefônico da embaixada / consulado do seu país
  • Verifique os requisitos legais para entrar no país onde vai
  • Verifique com quanto tempo de antecedência tem que estar no aeroporto, à ida e no regresso. Planeje para chegar a tempo (em voos internacionais, pelo menos 3 horas antes)
  • Não marque voos de conexão com pouco tempo de trânsito entre a chegada e a partida
  • Garanta que o seu passaporte é válido por pelo menos 6 meses após a data da viagem
  • Verifique com antecedência, como chegar ao seu alojamento, como sair do aeroporto para o destino. Se tem ligação de trem, garanta que sabe como chegar à estação de trem e com tempo suficiente.
  • Reserve e compre com antecedência as passagens de trem (quando tiver o seu plano fechado, o seu voo comprado), e verifique o tipo de bilhete e quais as condições de cancelamento/reembolso. Na Itália por exemplo, pode poupar bastante comprando online e com antecedência.
  • Marque todas as atrações, museus etc, com antecedência.
  • Reserve acomodações (planeje tudo com antecedência para evitar surpresas desagradáveis). Confirme se tem transporte público local. Se não for confiável, escolha acomodações próximas às principais atrações que você visitará
  • Tente sempre chegar aos seus destinos durante o dia (de manhã, de preferência para desfrutar de um dia inteiro), evite aterrar à noite em um lugar estranho.

Aprenda frases básicas na língua desse país

Você não pode imaginar como as atitudes mudam, como as pessoas se tornam mais amigáveis ​​e o recebem melhor se você aprender o idioma. Os termos básicos ajudam demais.

Um erro comum que cometemos é assumir que todos falam inglês. Onde quer que a gente vá. Pessoas comuns, não são obrigadas a falar inglês. Muitas vezes tentam, tentam muito, como acontece na minha terra natal, Portugal, mas isso acontece principalmente nas cidades, se você viaja para pequenas cidades e vilas, então é diferente.

Não é uma obrigação a população local falar inglês. Lembre-se que você está no país deles, e eles não são obrigados a adaptar-se a você e seus desejos e limitações. Você sim, deve fazer o esforço.

Atenção, não estou dizendo que não devemos tentar nos comunicar em inglês, ou que somos obrigados a aprender a língua, de jeito nenhum!

Mas é do nosso interesse que a nossa viagem corra bem, pelo menos tentar aprender algumas palavras básicas no idioma do país para onde vamos.

Sabe que a atitude das pessoas em relação a você muda instantaneamente se você pelo menos as cumprimentar no idioma delas? Isso mostra interesse, mostra que você não é apenas mais um turista que está lá para desfrutar da terra e não dar a mínima para eles. E 99% das pessoas responderão de maneira amigável e acolhedora.

Mas Di, e como aprender? Existem vídeos incríveis online, youtube, sites, recursos gratuitos, para quase todos os idiomas. Eu comecei a aprender italiano, não apenas amo a língua e cultura, porque viajo frequentemente para lá, porque é um destino que eu trabalho .

Considere fazer um tour

Se você ainda se sente insegura em viajar sozinha, por que não contratar um tour guiado??

É seguro, divertido e você conhece todos os tipos de pessoas diferentes e interessantes, ou, se você não quiser conhecer ninguém não precisa.

escolha um tour em grupos pequenos e não aqueles de turismo de massa, que te fazem visitar 1000 coisas em poucas horas, são uma correria, e você sai de lá triste e desiludida.

Reserve com antecedência e verifique se é uma empresa confiável.

Contrate seguro de viagem

Inegociável. Nunca viaje sem seguro de viagem. E não é aquele do cartão de crédito, que cobre somente alguns custos. A última coisa que você vai querer é, ter um acidente (bate na madeira), e não ter seguro para cobrir custos de médico, hospital, internamento, cirurgia, etc.

Escolha um bom seguro, abrangente, e verifique todas as condições antes de comprar.

Compartilhe o seu plano de viagem com a família e alguns amigos

Tenha sempre a certeza que a família e amigos sabem onde você está indo, quando, onde está hospedada, quais os contatos da acomodação, para que possam entrar em contato / ajudá-lo rapidamente, se necessário.

Leve consigo a sua mini farmácia

Há medicamentos que você pode não encontrar no país para onde vai. Por exemplo, ENo na Itália não tem, eles têm substituto, de produção local, mas pode não funcionar tão bem. Leve aqueles medicamentos que toma com frequencia (em doses adequadas, não precisa e nem deve levar a farmácia inteira tá? Até porque existem restrições quanto ao que levar).

Esteja sempre conectada

Compre um chip no país onde estiver, é mais barato, e funciona direitinho. Pode usar o roaming do seu, mas verifique sempre se funciona no país para onde vai. Em muitos países não existe acordo comercial com a sua operadora. Já sem falar que os custos de Roaming são altíssimos.

Na Itália por exemplo, pode comprar um chip da TIM, com 25 GB, que dura 1 mês, por 25 Euros. Super compensa.

E agora?

Agora menina, se jogue. Logo que viajar voltar a ser seguro e possível, corra atrás do seu sonho. Se precisar de ajuda conte comigo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.