África do Sul, terra de contrastes

A África do Sul é aquele destino para o qual viajo quase mensalmente. Tenho a sorte de viver a 80km da fronteira, e em 3 horas estar na capital de Mpumalanga, para mim uma das regiões mais bonitas.

Quem nunca ouviu falar de Cape Town, Durban, Johannesburg, Kruger Park? Mas se perguntarmos por Nelspruit, Sabie, Graskop, Knysna, George, Outshoorn, Plett Bay, Saint Lucia, Ermelo, Barbeton, o caso muda de figura.

A África do Sul é um país com uma rede de estradas impressionante, paisagem natural diversa e lindíssima, terra do cabo da Boa Esperança, de algumas das melhores reservas naturais do planeta, terra dos Big 5, dos pinguins em Boulders Beach, das Focas na Seal Island, da história do Mandela na Robben Island, das cidadezinhas pitorescas do caminho do ouro.

De Mpumalanga a Kwazulu Natal, de Gauteng ao Free State, de Western Cape a Eastern Cape, a paisagem, cultura, costumes, mudam de forma impressionante.

A África do Sul tem a honra de ter um Reino Floral só para si – Cape Floral Kingdom. Tem o Kruger National Park, tem também o Graskop Gorge, a Panorama Route, o terceiro maior Canyon do mundo, as caves de Sudwala, as Montanhas Drakensberg, o Drakensberg park (património da Unesco), Namaqualand, Wolfberg Arch em Cedarberg, o Big Hole de Kimberley, Riemvasmaak em Northern Cape, Golden Gate Highlands National Park, o encontro dos dois Oceanos em Cape Point, o ponto mais ao Sul de África – Cabo Agulhas, e tanto mais.

Já tinha ouvido falar destes locais? Aposto que não, pelo menos grande parte.

E então, vamos sonhar a África do Sul juntos?

Portugal, o país pequeno de mil encantos

Sim, sou suspeita para postar sobre Portugal.

Porque sou Portuguesa

Porque amo o meu país

Mas afinal porque escolher Portugal?

Porque não é fácil encontrar num país de pequena dimensão como Portugal, tanta diversidade. De paisagens, de atrações

Porque tem séculos de história

Porque tem zonas de conservação lindissimas

Porque tem ilhas inigualáveis e únicas, como o Arquipélago dos Açores

Porque (para os PALOPS) falamos a sua língua (sim, com diferenças, viva a diversidade)

Porque somos acolhedores

Porque temos uma das melhores gastronomias do mundo (e os pastéis de nada nem são o melhor)

Porque temos praia, montanha, colinas que lembram a toscana, aldeias medievais, lagos

Porque somos pequenos e e temos uma rede de estradas muito boa

De Lisboa ao Porto e Faro.

Do Cabo da Roca (como disse Camões, nos Lusíadas ‘Onde a terra se acaba e o mar começa’) ao Cabo de Santo André (acredita-se ser o antigo Promontorium Avarus romano, referido por Ptolomeu).

Do Gerês ao Douro Vinhateiro

Da Costa Vicentina ao Algarve

Do Alentejo ao Minho

Portugal é uma caixinha de surpresas deliciosas

Esqueci algo?

Ahhhhh sim, o vinho, a charcutaria, de primeira qualidade, inesquecíveis

Esse é o meu Portugal, o verdadeiro, de sorriso fácil, de convites para entrar em casa e sentar à mesa, de inúmeros miradouros e paisagens, do sol, do calor humano, do melhor clima da Europa.

Venha comigo, sonhe com Portugal